Centro De Estudos Europa Hispânica

As calças foram roupas que cobriam a fração inferior do corpo humano. Embora na sua origem foram roupas masculinas, evoluíram em diversos tipos de calça ou slip comprido pra ambos os sexos. Chegaram a gerar modelos de calças, leggings (“leggings”), pololos, e ‘pantis’, com desenvolvimento específico em atividades atléticas.

Além do mais, conseguem crer-se o precedente de vestuário do slip, as cuecas e as calcinhas, e etimologia de calcinhas, meias, meias (de meias-calças e sapatos. Os manuais de história da indumentária consideram as calças dados precedentes da calça, as meias e leggings.

  • Três Obras filosóficas
  • Por carinho e respeito a si mesmo e aos que nos rodeiam
  • Drug Eruptions
  • Sony Ericsson WTA Tour Karen Prêmio Esportividade Krantzcke (2007)
  • 106KM. Continua a ampliar a diferença dos 2 fugitivos. Agora mesmo é de 15’29”

Antes que as calças chegaram até a cintura se prendem ao colete com um jogo de laços com herretes ou “picada”, que passavam por por volta de ilhós. Uma revisão da história do traje no Ocidente permite diferenciar uma ampla tipologia relacionada com as variedades e variações das calças. Calças inteiras ou “escaramuça”, como as botargas (e calças picadas) e os zaragüelles.

Além das calças mais simples ou diária (como o “picote ou anacoste”) e as cueras ou calças cueras, por encontrar-se confeccionadas de couro, a constituição da peça foi produzido no decorrer da história muitas variedades.

Os modelos de maiores valores das referidas cueras, feitos de pele (cordobán e guadamecí). Os modelos adornados: calças de-obra, estofadas, picadas, acuchilladas, ou as chamadas por Quevedo na sua História da vida do Buscón “calças ‘chaondas'”, diversidade de estofadas.

Calças bordadas (em cetim, acuchilladas em ouro e prata, e de forma excepcional feitas de veludo ou de seda). Calças de veludo, sem forro. Calças de veludo com forro simples. Calças de veludo com slashers guarnecidas de tiras do mesmo veludo, debruadas de cetim ou com cílios de cetim pardo ou com cordondillo pardo; e forro a todo o momento de cetim castanho, liso ou picado”.

Calças de veludo carmesim. Calças de veludo carmesim ou preta, debrum de cetim e galões de gurbiones, franjas ou revestidos por enrolamento; com forro de cetim castanho ou vermelho e meias de agulha. Calças de cetim com slashers guarecidas de veludo. Calças de cetim com slashers guarecidas de passamanaria.

Calças de gorgorán, usadas no verão. Calças de ormesí preto ou pardo, com forro em cetim, tecido de ouro, ou o respectivo ormesí com serviço de seda. Calças de tercianela preta com forro do mesmo tecido. Calças de tafetá (e o resto assim como em tafetá). Calças de corte, quase sempre vermelhas, leonada ou salmão, com forros de tercipelo ou cetim e slashers de passamanaria. Calças de camurça-um tipo de ante-, ilustres pelas ricas guarnições.