A Ver Séries

As séries que eu vi, o que eu tentei observar… Uma visão pessoal (e incorreta) em contínua mudança. No hiperlink você podes descobrir os posts que tenho escrito a respeito de cada série. NOTA: os comentários da página de Minhas Pontuações não migraram com a transformação do Blogger para o WordPress, os incluo logo após. Os novos consumidores são capazes de ser colocados da forma convencional. Sim, eu imagino que há outras séries sem pontuação. Totalmente de acordo com as séries com sinais de pontuação 5. Todas elas geniais. Me permito incluir algumas três, pra mim, têm assim como essa maxima pontuação: Big Love, A 2 metros abaixo da terra, Os Simpons. Porque só a uns gênios, se lhes podem decorrer histórias tão boas e singulares, e só uns poucos produtores piraos seriam capazes de suportar.

Para mim, as que têm um 5 são perfeitas, que não desabar em nenhum instante. Big Love eu adoro muito, mas há um estágio (quando se colocam pesaos, pesaos com a religião e os vê mais o duster os mórmons, me parece um torro).

  • Doze Colchões para moças
  • dois The Social Network
  • Tem vulcões de cerveja até onde alcança a visão
  • 1974 “estruturalismo”, na filosofia. Goiânia, Mensageiro

A 2 metros abaixo da terra é amplo, deixe-me dizer, contudo bem como baixa muito de nível e o fim eu encontrei muito péssimo. Parecia muito maquiagem e dormir! Os Simpsons… sim, vale, há capítulos grandiosos, contudo tanta temporada entediado os falecidos.

Você coloca um um a Futurama? O 2 a Fringe? O outro 2 a Galáctica? O que há que ver. Bem, é uma dúvida subjetiva, assim como comentei no começo. Não desejo sentar cátedra. São as minhas avaliações, nem mais nem sequer menos.

Uma saudação apesar de que eu adoraria que firmaras com teu nome, que eu não como ninguém. Por gentileza, senhores roteiristas, sabemos o quão difícil é o seu serviço e o que valorizamos na sua justa proporção. As séries que você menciona tem uma fantástica pontuação e, desde desta forma, são imprecisas.

Ou, no caso de Os Simpsons, foi saturação. É tão árduo preservar o ritmo durante tantas temporadas! Acho que muitos escritores sentem-se frustrados por alongar demasiado uma série no momento em que a mata não fornece para mais. Um caso prototípico: Lost. Não é que ficou má, é que, em comparação com as primeiras temporadas, deixou muito a aspirar.

Um abraço e grato pelas avaliações construtivas! Esqueci de mencionar duas séries, para mim, são 5: Roseanne e As garotas de ouro. Espero angustiado um desses belos posts sobre o assunto ambas (no momento em que possível, claro). E lembro-me para a lista Dos anjos de Charlie, dado que só o cabelo da Farrah de imediato vale 3. Aliás, PARABÉNS por tão consciente, atualizado e completo….blog.

O cabelo da Farrah me chegou à alma. Você se lembra do famoso pôster, com o episódio de banho vermelho? Um ícone dos anos 70, sem sombra de dúvida. Meu deus, eu acho que você abriu uma porta sem regresso… Os anjos de Charlie! Esse enigmático chefe pro que nunca se viu o segundo, rsss. E como foi delicioso com As garotas de ouro. Sophia: “Sicília, 1930. Uma jovem bem fornecida de andanças resolvidos…”.